Reserve seu hotel aqui...

24 de jun de 2012

67

O que não pode faltar na mala?


Outro dia em viagem a Campos do Jordão uma amiga  me perguntou: "O que não pode faltar na mala"? 

Nossa, são tantas coisas...
Obviamente roupas,  sapatos, maquiagens, dinheiro, documentos,  frasqueira, mil remédios talvez, a prancha p chapar os cabelos, o celular, o not , nem pensar esquecer, enfim,  tantas coisas que enchem as nossas malas, que muitas vezes não é uma viagem e sim uma mudança como costumamos dizer,  literalmente viajamos de "mala e cuia"
E para as mamães de plantão então, nem táxi vã carrega tudo, rsrsr

E se alguém disser para esvaziarmos um pouco a mala, tipo o marido, o namorado, o coitado que vai   eventualmente carregar a mala aqui e ali,  entramos em pânico, por que afinal vamos precisar de tudooooo, e se não levarmos e precisarmos??? Pânico geral!
Durante essas minhas idas e vindas, materialmente falando, 3 coisas não podem mesmo faltar na minha mala:

**O Secador de cabelos, sim por que esses cabelos lisos são pura propaganda enganosa, sem o secador não sou ninguém. É certo que todo hotel que se preze tem o secador de cabelos, porém já aprendi  não contar muito com eles, são fracos demais p esticar minhas madeixas, e outros tem o tal "time" que desliga de tempo em tempo, ninguém merece passar horas tentando secar os cabelos!!!

** Minha câmera fotográfica  se eu esquecer sou capaz de enlouquecer, normalmente viajamos com duas, e as descarregamos todas as noites nos dois computadores além de copiarmos em pen drive,  fazemos tudo p garantir que voltaremos com as fotos! Tem coisa pior do que fazer uma mega viagem e voltar sem as fotos?

** Por ultimo e mais importante p mim, um detalhadíssimo roteiro para otimizar o tempo da viagem e aproveitar cada minuto,  normalmente chego ao meu destino com meu roteiro nas mãos, passo dias pesquisando e digitando, imprimo e encaderno, assim sei  exatamente o que vamos fazer dia após dia!


Porém de nada valerão as malas cheias se não estivermos de "almas despidas" indo de encontro ao nosso destino...como crianças quando estão  descobrindo o mundo, sedentos por respostas...desarmados,



 despidos de "achismos", despidos dos problemas  das preocupações, do medo de experimentar novas aventuras, novos sabores, despidos de resistências, do mau humor em situações imprevisíveis, de comparações com outros lugares, despidos do passado, do futuro, enfim...como páginas em branco que serão (re) escritas, só assim aproveitamos de verdade uma viagem...

Como disse Mário Quintana, "Viajar é trocar a roupa da alma" e para isso temos que nos despir!!!

E na sua mala, o que não pode faltar?