Reserve seu hotel aqui...

21 de mai de 2012

52

O Belo Jardim Botânico do RJ...

 
Continuando a Série Rio de Janeiro

Reconhecido pela UNESCO como reserva Botânica da Biosfera, e tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Rio, o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico, ou simplesmente Jardim Botânico do Rio, está localizado na zona sul, próximo a Lagoa Rodrigo de Freitas,  um verdadeiro convite para observação a mais de 6.500 espécies da Flora, distribuídas em uma área com mais de 54 hectares...


O que de verdade, nos levou a visitar o Jardim Botânico do Rio, foram as Palmeiras Imperiais, já assisti inúmeras cenas de novelas gravadas nesse lugar, e tinha muita curiosidade de conhecer esse famoso corredor de palmeiras do jardim


São cerca de 140 palmeiras imperiais no corredor, porém a nossa visita, nos revelou que o JB é muito mais do que as palmeiras, ficamos impressionados com a diversidade da flora do jardim, e a enorme quantidade de ambientes paisagísticos diferenciados e temáticos do complexo...

A dica é: não vá ao jardim com o tempo curto, o lugar é lindo e imenso e requer tempo para visita-lo, pelo menos duas horas!

Dentro do jardim, existem alguns jardins temáticos,  como Jardim Sensorial p os portadores de deficiência, o Jardim Japonês, além de monumentos e arcos que tbém já serviram de cenários em inúmeras novelas.
A  História cronológica do JB, é extensa e muito rica, por isso ficaria longo demais falar aqui...
Abaixo segue um pequeno resumo da história do JBRJ cuja fonte está aqui

"Aclimatar as especiarias vindas das Índias Orientais: foi com este objetivo que, em 13 de junho de 1808, foi criado o Jardim de Aclimação por D. João, Príncipe Regente na época, e mais tarde d. João VI.
Com a ameaça da invasão das tropas de Napoleão Bonaparte em Portugal, a nobreza portuguesa mudou-se para o Brasil e instalou a sede do governo no Rio de Janeiro. 
Encantado com a exuberância da natureza do lugar, que na época incluía tbém a Lagoa Rodrigo de Freitas, D. João instalou o Jardim, e em 11 de outubro do mesmo ano, passou a ser "Real Horto". 
Aberto à visitação pública após 1822, o Jardim teve visitantes ilustres como: Einstein, a Rainha Elisabeth II do Reino Unido e muitos outros"



Abaixo segue o vídeo não editado, com menos de 30 segundos, que gravei no corredor de palmeiras do Jardim!



Obs: Todas as fotos postadas nesse blog são de nossa autoria, do contrário, especificamos a fonte!