Reserve seu hotel aqui...

12 de abr de 2013

73

Origem das expressões "Lavei a égua", "Bucho cheio" e "Meia tigela"!


Vocês já ouviram  falar nas expressões "Bucho cheio", ou "Enchi o bucho" = (barriga cheia)

ou, "Fulano é de "Meia Tigela"? = (Não é de nada, é incompetente)

também podem ter ouvido alguém dizendo  "Hoje lavei a égua"  ou "hoje vou lavar a égua"?
(Me dar bem)  

Essas são expressões comuns em Minas, mas pouca gente sabe de onde elas foram tiradas. Todas elas na verdade eram usadas pelos escravos e donos de escravos, e não tinham a conotação que foi dada com o tempo...
Escada de acesso ao túnel da mina 
Para entender um pouco mais esta história, em viagem a Ouro Preto como já contei aqui, fomos até uma das milhares de minas que existem na cidade. A estreitíssima Mina de "Felipe do Santo".

 Lá, além de conhecer, recebemos uma aula sobre essas expressões. As fotos não estão muito bonitas, mas é que no momento da visita não deu para tirar muitas fotos.

Significado das expressões
Os escravos que trabalhavam nas minas de ouro tinham que encher os buracos nas paredes das minas que se chamavam "Buchos", como mostra a foto abaixo, eles eram uma espécie de caixa para guardar o ouro que era encontrado durante o período de trabalho.

Somente estando com o "bucho cheio", ou seja, o buraco na parede cheio de ouro é que eles tinham direito a uma tigela de comida no final do dia.

 Caso o "bucho" não estivesse cheio de ouro eles ganhavam apenas "meia tigela" de comida, ou seja, não tinham completado com sucesso o trabalho, sendo assim meia tigela de comida era dada para eles, ganhando então com o passar dos anos a conotação que exemplifiquei no inicio. Portanto era preciso encher o bucho de ouro para receber uma tigela de comida!
Buxo é um buraco na parede de uma mina
Buraco na parede da mina que era chamado de "Bucho"
Já a expressão "lavei a égua" vem da seguinte situação:
Os escravos mais corajosos costumavam esconder o pó de ouro no meio dos cabelos que naquela época não eram cortados, ou debaixo das unhas a fim de juntarem ouro suficiente para tentarem comprar sua liberdade...

Porém quando saiam das minas eles eram revistados, então aprenderam que para não serem pegos, era melhor esconder o ouro no meio do pelo das éguas.

 Assim feito, depois da revista eles pediam para lavar as éguas, neste momento então retiravam o ouro escondido, assim quando eles conseguiam autorização para "lavar a égua"se davam bem guardando o ouro escondido!
Entrada da Mina

Ingresso de entrada na Mina em 2012: 50,00 Reais
Localização: Rua Treze de Maio 637, Bairro Alto da Cruz
Existem vários Tours oferecidos em Ouro Preto que levam os turistas até a Mina!
Duração da visita, cerca de 40 minutos.

Observação: Não indico a visita a quem tem claustrofobia, pois o túnel que leva até o interior dela é extremamente estreito e baixo. 
Trecho estreito dentro da Mina 
Vai reservar um hotel? 
Utilize nossas caixas de pesquisa para acessar o Booking, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda crescer!