Reserve seu hotel aqui...

22 de jun de 2017

6

Tudo que você precisa saber para conhecer Petra, a maravilha do mundo na Jordânia.


Como ir para Petra
Olá amigos e leitores 

Finalmente realizei o sonho de conhecer mais uma das 7 maravilhas do mundo, sonho que persigo desde 2009 como conto aqui.  Agora faltam 2. 

A maravilha que coloquei na bagagem desta vez, foi Petra na Jordânia. A Jordânia é um país de maioria muçulmanos no Oriente Médio, que faz fronteira com a Síria, Israel, Arábia Saudita entre outros.
 Eleita em segundo lugar entre as 7 maravilhas em 2007, a cidade arqueológica de Petra fica dentro da cidade beduína atualmente chamada de Wadi Musa, a 350km de Amã capital da Jordânia.
Nesta intrigante cidade arqueológica esculpida em rochas vermelhas, viveu uma civilização de nome "Nabateus", em 300Ac. 
Segundo pesquisadores, os Nabateus escolheram a região por que a mesma era uma importante rota comercial na época, devido a sua localização. Porém especula-se que a mesma começou a ser habitada em 1.200Ac.


É impressionante as construções que os Nabateus esculpiram nas rochas. Mesmo depois de séculos, terremotos e conflitos, ainda é possível observar a riqueza dos detalhes que revela a inteligência e engenharia de um povo. Além das incríveis esculturas nas rochas Petra também revela um sistema de armazenamento de água surpreendente para a época em que foi construída. 
A cidade também foi eleita pela revista Smithsonian como um dos 28 lugares do mundo para conhecer antes de morrer! 

Para chegarmos até lá, saímos da cidade de Tiberíades onde estávamos hospedados na região da Galileia em Israel. 
Viajamos de carro cerca de 200km até Amã. A viagem pelo deserto foi tranquila e no caminho nos deparamos com muitas cenas interessantes dos beduínos (nômades que vivem no deserto).

Jordânia
Apesar de ser perto de Israel, por terra, a parte chata desta viagem são as fronteiras. Primeiro tivemos que enfrentar os trâmites para sair de Israel e depois os trâmites para entrar na Jordânia, isso custa dinheiro, paciência e tempo! Não menos que um dia inteiro. 

Super aconselho estar com um guia local ou falar muitíssimo bem o inglês, pois eles fazem muitas perguntas. O processo na fronteira é confuso e chato. No nosso caso estávamos acompanhados da nossa agente Roberta Redivo da Agencia Insight, que nos acompanhou por toda Terra Santa. Maravilhosa e super entendedora de Israel e Jordânia. 

Para entrar na Jordânia pagamos o equivalente a 400 reais. Para sair também pagamos uma taxa.
Outra informação importante que para saber antes de ir a Jordânia, é o valor da moeda Jordaniana, o Dinar. Para se ter uma ideia o Dinar consegue ser mais caro que o Franco Suiço. 1 Dinar vale em torno de 6 reais. Então viajando a Jordânia prepare o bolso.     
Na minha opinião, é preciso dormir em Wadi Musa, para fazer a visita a cidade arqueológica de Petra com calma,  pois pela distância da mesma de Amã, um bate e volta se torna inviável, principalmente por que fazer a visita leva tempo. No meu caso durou um dia inteiro.

Lembrando que Wadi Musa é o nome da cidade com pouco mais de 20 mil habitantes onde se encontra a cidade arqueológica de Petra, que na época dos Nabateus era chamada de "Raqmu".

Nós dormimos uma noite em Amã e seguimos para Wadi Musa na manhã seguinte. No caminho passamos em Monte Nebo, cidade já localizada dentro da Jordânia, onde Moisés teria avistado a Terra Prometida, e onde se encontra um memorial em sua homenagem.


 Moisés, Monte Nebo
 Devido a nossa visita ao Monte Nebo, chegamos em Wadi Musa, apenas no final da tarde, com um por do sol maravilhoso nos dando boas vindas.


Em Wadi Musa dormimos no hotel Movenpick, a 300 metros da entrada da cidade arqueológica. Somente no terceiro dia na Jordânia é que finalmente visitamos Petra, saindo para a mesma bem cedinho.

Para entrar em Petra paga-se uma taxa de cerca de 70USD, por pessoa.
A dica é ir de chapéu ou boné, um tênis bem confortável, levar uma garrafinha de água, um dinheirinho para comprar souvenir, já que o local está cheio de barraquinhas livres de impostos, e claro, levar também seu equipamento de registro. 

No meu caso levei tudo que tinha direito, minha gopro, minha câmera, e meu celular. 

Para chegar ao monumento principal, o Túmulo Al Khazneh... conhecido como o Templo do Tesouro (Cenário do filme Indiana Jones e a Ultima Cruzada) você anda um pouquinho. Há opções de ir até o local de charrete ou de burro, insistentemente oferecidos pelo caminho, mas fomos andando para poder usufruir melhor as  paisagens de pedras, as várias ruínas  da cidade nas rochas.

O que tem em Petra
Eu sonhei muito com esse momento. Quando me aproximei do monumento e ele foi se descortinando em meio aos desfiladeiros de rochas, eu não contive as lágrimas. 

Poxa, que delicia realizar este sonho, ver de perto mais uma maravilha do mundo. Uma maravilha que eu considerava um sonho muito distante.
Depois de muitas fotos e muita contemplação, 
eu não me contentei em ver só o Tumulo

Nem todos que visitam Petra, sobem até o "Monastério El Deir" outro cartão postal da cidade, que fica bem no alto das rochas, sendo preciso subir muito entre elas para chegar até lá. Mas eu precisava ir. 
Enfim, eu não viajei tanto para ver só um monumento. Para mim era muito importante ver os dois, além de todos os outros que vamos encontrando pelo caminho. Sem falar que lá de cima dá para ver também um vale lindo, inclusive a Arábia Saudita. Mas isso era o de menos para mim.
Sendo assim lá fui eu, sozinha, subir as rochas. ( O guia não aguentou subir comigo). Entre uma paradinha aqui e outra ali para descansar, eu finalmente cheguei lá depois de cerca de uma hora de subida...

Aiiiiii, que alegria ver o Monastério, além de toda história arqueológica existente antes mesmo de Cristo. 
Viagens exóticas
O mesmo também ficou conhecido mais recentemente por ter sido cenário do filme Transformer's. 
Fiquei um bom tempo lá em cima admirando o Monastério. Eu acabei gostando mais dele do que do Tumulo lá de baixo. É bem mais tranquilo para tirar fotos, já que poucas pessoas animam subir até lá em cima, sendo tão bonito quanto o Tumulo. 

El Deir

Importante dizer que é preciso ter uma boa condição física para subir até lá. Não sendo recomendável também para quem tem vertigens. 
Uma coisa bem bacana dentro da sítio arqueológico de Petra, é que praticamente todas as barraquinhas tem Wi Fi. Basta comprar uma água em qualquer uma delas para ter acesso a internet. Sendo assim, lá em cima consegui fazer um vídeo ao vivo pelo facebook. Foi bem legal compartilhar esse momento com todos os amigos no Brasil.

 No vídeo abaixo eu registrei cada momento deste dia, e mostro como foi o incrível dia em que conheci Petra.
  
Muitas pessoas me perguntaram durante a viagem se não era perigoso viajar até lá. 

Não. A Jordânia não está em conflito com nenhum país, não há conflitos entre civis, e as cidades são super seguras. Não há violência como roubos, sequestros ou assassinatos como vemos todos os dias no Brasil. 

É preciso parar com esta imagem de que todo país do Oriente Médio vive em guerra. Isto não é verdade! Existem sim países em conflitos, especialmente no momento países dominados pelo Estado Islâmico como a Síria. Porém, é longe da Jordânia. A Jordânia não é alvo de nenhum conflito atualmente. 

É preciso parar de generalizar os muçulmanos. Os muçulmanos são pessoas do bem, que preservam sua cultura e só querem viver em paz de acordo com sua crença. O verdadeiro islamismo não prega esta violência absurda praticada pelos rebeldes do estado Islâmico. Fico muito triste quando vejo pessoas generalizando sem o menor conhecimento do que está falando.
  
Enfim... no próximo post vou mostrar os hotéis que ficamos em Amã e Petra. Maravilhosos! Abaixo só uma prévia do hotel Movenpick que nos recebeu em Petra. Considerado o melhor da cidade. Fantástico! Me senti em um filme das Arábias, rsrs


Melhor hotel de Petra



Nossa viagem a Israel e Jordânia foi realizada com a Insight Viagens, especialista em Terra Santa, e viagens personalizadas que fogem do convencional. Super recomendo. Israel e Jordânia ficam bem melhores quando você viaja com quem conhece bem. 

OBS: Todas as fotos deste post são de nossa autoria. Não autorizamos copia nem mesmo com créditos. Obrigada.

Leia Também: 

Sítios Arqueológicos pelo mundo
Maravilhas do mundo
Israel 

Reserva de Hotel?

Utilize nossas caixas de pesquisa Booking. Você nos ajuda crescer sem pagar nada a mais em sua reserva.

6 comentários:

  1. Sensacional post, mostrando tudo, ensinando, aconselhando! Lindíssimas fotos e quem for pra lá terá um belo serviço aqui! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Eu curti muito sua viagem (ao tempo e historia) através do Instagram.
    Se aprende muito.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Me ha encantando seguir esta publicación, felicitaciones muchas gracias por compartirlo y el video extraordinariamente hermoso y muy valiente... Un abrazo (Juan José Cautivo - Perú)

    ResponderExcluir
  4. Menina acompanhei um pouco belo Face, mas aqui
    é tudo muito lindo eu amei é um sonho tbém conhecer
    esse lugar divino parabéns pelo maravilhoso poster
    Eu estou encantada .....
    Convido vc a me visitar e participar
    da brincadeira que está rolando por la

    `•.¸.•☆¸✿‿.•*´
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Parabéns pelo blog .. Tive a felicidade de concluir mês passado as 7 maravilhas do mundo, e coloco petra em segundo lugar em minhas lista..
    Sucesso ,
    Lucas Padilha

    ResponderExcluir



"Viajar é acumular tesouros na memória que ninguém irá nos tirar! Sejam sempre bem vindos a este blog!

* Os Comentários são respondidos quando há uma pergunta ou uma informação diferente da informação colocada na postagem! Nesses casos retorne para verificar a resposta ou clique em "Notifique-me" Obrigada!